Cristalina

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

PCGO elucida caso de assassinato de advogado e cumpre mandado de prisão em desfavor do autor, cerca

20/07/2018

Foi noticiado na segunda-feira (16/07) a noite que em um sítio da área rural de Cristalina/GO havia sido localizado o corpo da vítima Rubens Guedes Mémoria, 55 anos, o qual havia sido agredido com golpes de machado, que causaram sua morte. Desde então, foram empreendidas constantes diligências investigativas, com atuação dos Agentes da DP de Cristalina/GO, sob coordenação do Delegado Danillo Martins, do GEPATRI de Luziânia/GO.

 

Desde o início das investigações foi constatado que o caseiro, ANTONIO BARBOSA DE ALENCAR, 36 anos, havia desaparecido da propriedade desde o crime, e que o carro da vítima, uma Fiat Strada, cor vermelha, tinha sido levada, fazendo com que as investigações concentrassem na localização do suspeito e do veículo.

 

Na madrugada desta quinta-feira(19/07) o suspeito se hospedou em hotel em Jatai/GO, usando o carro da vítima, ocasião em que foi preso pela Polícia Militar em posse desse veículo. Com a apreensão desse veículo foi constatado através do Boletim de Ocorrência que Antônio seria o principal suspeito do Delito, momento foi feita comunicação aos policiais de Cristalina e estes informaram que já teriam concluído as investigações e o pedido de prisão de Antônio já teria sido protocolado junto ao poder judiciário, então os agentes se descolaram cerca de 1200 km para buscar Antônio, o qual se encontrava detido na cidade de Jataí.

 

Em seu interrogatório, o suspeito confessou o crime e relatou que teria sido motivado por uma discussão com a vítima, quando os ânimos ficaram exaltados e ANTÔNIO se apoderou de um machado e desferiu os golpes contra a vítima, causando sua morte. Na sequência, no intuito de fugir para não ser preso, subtraiu o carro da vítima e se deslocou em sentido ao Mato Grosso do Sul, onde o suspeito possui familiares, porém acabou preso antes de deixar o Estado de Goiás.

 

Agora ANTÔNIO vai responder por homicídio e pelo furto do veículo, e ficará a disposição do Poder Judiciário.

 

O veículo foi apreendido pela Polícia Militar e apresentado na Delegacia de Jataí e será restituído aos familiares da vítima.

 

A investigação foi realizada pelos Agentes Wiliam Ribeiro e Alan Reges, da DP de Cristalina/GO, contando com apoio dos Policiais Civis do GEPATRI/Luziânia, sob coordenação do Delegado Danillo Martins.

Com informações Redes Sociais

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Outubro 2019