Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO  

Polícia Civil desvenda mais um crime bárbaro em Cristalina

 A equipe da polícia civil de Cristalina já localizou o veículo VW/FOX branco placas JIT 7583 envolvido no cruel atropelamento 

 

                      Foto divulgação / PCGO

 

A população de Cristalina se revoltou com a crueldade do atropelamento de homem que atravessava uma rua no centro da cidade.

O crime foi provocado por maldade por um casal que estava no veiculo.

 

A Polícia Civil de Cristalina está fazendo uma varredura nas localidades dos bairros e na região para prender o Autor do homicídio.

Já foi identificado como Leandro Ribeiro de Araújo, o qual encontra-se foragido até o presente momento. 

O cruel atropelamento que ocorreu no dia 16/10/2018 deixou a população cristalinense em estado de choque.

A ação delituosa foi flagrada pelas câmeras de segurança, onde um motorista usou de seu veículo e jogou em cima da vítima MARCELO, o arremessando por mais de vinte metros.

 

Polícia civil diligenciou durante percorrer do dia e no final da tarde já estava de posse da qualificação do autor do HOMICÍDIO, o então qualificado LEANDRO ROBEIRO DE ARAUJO.

 

A noite os policiais civis obtiveram sucesso em localizar a residência, onde o veículo estava escondido e onde LEANDRO estaria, porém dois minutos antes da chegada dos policiais a namorada de LEANDRO a então qualificada CAMILA NUNES, a qual estava no veículo no momento da ação delituosa, conforme mostram as imagens colhidas pelos investigadores, pegou LEANDRO em seu trabalho em moto Honda Biz e os dois tomaram rumo ignorado.

 

Até fechamento dessa edição os Agentes se encontravam nas ruas em busca de LEANDRO e de sua namorada CAMILA.

Polícia Civil agradece o apoio operacional prestado pelos Policiais Militares e pelos Guardas Municipais.

Foi apurado pela policia civil que o HOMICÍDIO Teria sido CRIME PASSIONAL

 

A equipe está em perseguição e qualquer informação favor ligar para o disque denúncia 9980-17999. 
Suas informações são importantes e mantidas no mais absoluto sigilo.

 

As informações são da Polícia Civil

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição do mês - Versão impressa