Cristalina

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

Homem estupra adolescente que voltava da escola e é preso em Porangatu

Além do estupro, a jovem teve o celular roubado, que, na verdade, contribuiu para a prisão de J.M.C.

 

 Foto de divulgação

 

J.M.C, de 21 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) após estuprar uma adolescente de 14 anos, que foi arrastada para uma mata no Jardim Canedo 3, no município de Porangatu, a 409 km de Goiânia, na tarde da última terça-feira (16/10).

A adolescente voltava da escola por uma região com muito mato em volta quando foi perseguida pelo suspeito. Sem conseguir se desviar dele, foi arrastada, sob gritos, para dentro de um matagal.

Além do estupro, a jovem teve o celular roubado, que, na verdade, contribuiu para a prisão de J.M.C.

Quando foi resgatada após o crime, a notícia se espalhou pelas redes sociais e ruas do bairro e região. Com isso, uma denúncia chegou à Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), que solicitou que o serviço de inteligência da corporação montasse campana nas proximidades.

Com o celular monitorado, o homem foi abordado quando tentava escapar por uma das saídas do matagal em que estuprou a estudante. A princípio ele confessou apenas o roubo do celular, talvez por saber que na cadeia até mesmo os próprios bandidos rejeitam estupradores.

J, segundo policiais militares que atenderam a ocorrência, tem várias passagens pela polícia, entre elas por roubo em Porangatu.

Os policiais militares acreditam que, além da jovem, o homem é suspeito de ter estuprado outras mulheres na região. Segundo testemunhas, outro suspeito com as mesmas características estaria provocando medo nas mulheres do bairro. “Eu não sei o que fazer. Ninguém consegue me buscar no trabalho e, por isso, eu volta sozinha. Estou apavorada”, denuncia a mulher.

A Polícia orienta que mulheres que suspeitem do homem procurem a Delegacia de atendimento à Mulher (Deam) para que  tente identificá-lo e, claro, preste depoimentos.

 

O que é estupro, com o caso em Porangatu

 

De acordo com o Código Penal Brasileiro em seu artigo 213 (na redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009), estupro é: constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Outubro 2019