Cristalina

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

Barragem da fazenda do cantor Gusttavo Lima não corre mais risco de romper, em Goiás

24/05/2019

 FOTO DE DIVULGAÇÃO 

 

O delegado Luziano de Carvalho da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) afirmou na tarde desta quinta-feira (23/5) que a barragem na fazenda do cantor Gusttavo Lima, às margens da BR-020, em Bela Vista de Goiás não corre mais o risco de romper.

Luziano de Carvalho esteve na fazenda na tarde de hoje para uma nova vistoria do barramento, na fazenda do cantor. Após o procedimento o delegado afirmou que o risco da barragem se romper é nulo, devido as providências tomadas para esvaziar o barramento.

A barragem que vem sendo monitorada há uma semana, após apresentar rachaduras, corria o risco de romper e atingir seis casas e a rodovia. Diante do risco, a polícia determinou um prazo até esta quinta-feira (23) para que o barramento fosse esvaziado até um nível suficiente para evitar o rompimento da barragem.

A um jornal local, a assessoria do cantor afirmou que um novo barramento vai ser feito na represa, através de estudos técnicos e ambientais.

 

Delegado afirmou que nenhum novo processo criminal vai ser aberto pelo risco de rompimento da fazenda do cantor

 

O delegado afirmou também que não vai ser aberto nenhum processo criminal, pois não há fatos novos para se registrarem. “A possibilidade da barragem se romper era real, pois o que parecia ser uma nascente, era uma infiltração e era uma questão de tempo até a barragem se romper”, relata o delegado.

Luziano de Carvalho além de afirmar que a determinação da polícia foi cumprida, elogiou o trabalho dos profissionais que atuaram para baixar o volume da barragem. Segundo o delegado, os responsáveis conseguiram deixar a barragem no nível que os peixes pudessem permanecer no local.

Luziano de Carvalho afirmou que uma nova estrutura vai precisar ser construída na barragem, pois devido ao incidente e após o barramento

ser esvaziado, foi constatado que a mesma foi construída sem

nenhuma técnica. Fonte Dia Online

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Outubro 2019