Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO  

Polícia indicia empresário por compra de Porsche

                                               Recebeu R$ 18 mi, por engano, na conta corrente.

 

A Polícia Civil indiciou o empresário Guilherme Moreira Estevam por três crimes pela aquisição de um Porsche após ele receber um depósito de R$ 18 milhões, por engano, em sua conta bancária, em Goiânia. O pai dele, Adalberto Estevam, e uma amiga, Natália Alves de Almeida Ferreira, também foram indiciados.

 

Segundo o delegado Kléber Toledo, responsável pelo caso, o empresário responderá por apropriação de coisa havida por erro, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Já Adalberto e Natália responderão somente por falsidade ideológica.

 

De acordo com as investigações, um banco depositou valores indevidos nas contas de diversos clientes, por conta de uma falha no sistema. Um dos montantes foi para uma empresa de Guilherme, que é dono de um restaurante em Goiânia.

 

De acordo com o relatório do delegado, após perceber o depósito de mais de R$ 18 milhões na conta, em dezembro do ano passado, Guilherme teria se apressado em em realizar cinco transferências, somando mais de R$ 1 milhão. As operações teriam sido feitas em 17 minutos. As operações foram bloqueadas, com exceção da utilizada para comprar o Porshe, no valor de R$ 280 mil.

Comunicação Polícia Civil

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Novembro 2019