Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO  

Homem é preso suspeito de atropelar ex-mulher e filho de 5 anos, em Goiânia

Crime ocorreu no Jardim Luz, em Goiânia. Homem, que não aceitava fim do relacionamento, ainda agrediu ex-companheira com chutes e socos após atropelamento. Mãe e filho estão em estado regular.

 Foto de Divulgação

 

Um homem foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (6/8), suspeito de atropelar a ex-mulher e o próprio filho de 5 anos. Informações preliminares apontam que ele teria cometido o crime por não aceitar fim do relacionamento com a mulher. Os feridos foram encaminhados para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

De acordo com a Polícia Militar (PM), o caso ocorreu no cruzamento das ruas Caramuru e General Rondon, no Jardim Luz, em Goiânia. Após o atropelamento, o homem, de 33 anos, ainda teria agredido a ex-mulher, de quem está separado há menos de duas semanas.

Testemunhas relataram que depois de discutir com a ex-companheira ele entrou no carro e dirigiu em direção a ela e ao filho, um menino de 5 anos. Com o impacto, a irmã do suspeito também ficou levemente ferida. Após o crime, o homem foi contido por moradores da região até a chegadas dos policiais. Os familiares relataram ainda que desde a separação o homem fazia constantes ameaças a ex-mulher.

Mãe e filho, atropelados em Goiânia, estão em estado regular

Conforme a PM, o socorro foi acionado e mãe filho foram encaminhados ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde estão internados em estado de saúde regular. A mulher, de 28 anos, e o filho seguem acompanhados pela equipe multidisciplinar da unidade de saúde.

A Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito de Goiânia (DICT) não chegou a ser acionada. O suspeito, que não teve o nome revelado, foi preso em flagrante e levado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), onde o caso será investigado. Ele deve responder por tentativa de feminicídio.

Ocorrências de violência contra mulher em Goiânia

De janeiro a setembro do ano passado, foram registradas 3.185 ocorrências de violência contra mulher, em Goiás. Os dados estatísticos de crimes de violência doméstica e familiar são da Secretaria da Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), divulgados por meio do Painel Estratégico de Segurança do Estado.

Segundo o levantamento, Goiânia estava em primeiro lugar, com 468 ocorrências, o que corresponde a 19,1% do valor total. Em segundo estava Luziânia, com 11,6% (283 ocorrências), seguida de Formosa, com 10,8% (265 ocorrências) e Anápolis com 10,5%, sendo 258 registros. Também apareceram na lista: Itumbiara, com 251 casos ; Rio Verde – 227; Águas Lindas – 186; Iporá – 181; Cidade de Goiás – 174 e Porangatu, com 156. DiaOnline

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Novembro 2019