Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO  

Homem não comparece ao trabalho e é encontrado morto por amigos em Paracatu

A vítima foi encontrada morta dentro de casa e autor do crime não foi identificado.

 FOTO DE DIVULGAÇÃO

 

Um homem de 50 anos foi encontrado morto na noite de ontem (6) em Paracatu. O crime foi registrado por volta das 19h34min, dentro de uma residência na travessa Um do bairro São Sebastião.

De acordo com a PM, o corpo da vítima foi encontrado só de cueca, já em estado de decomposição e com marcas de violência na cabeça e no peitoral. A perícia técnica constatou uma perfuração na região do peitoral da vítima e algumas perfurações na região da face.

A vítima Reginaldo Pereira, vulgo maneiro, era funcionário de uma empresa da cidade e não compareceu ao trabalho no último domingo e nem na segunda-feira, o que teria  preocupado amigos de trabalho.

Diante da preocupação, uma testemunha foi até a casa de Reginaldo onde chamaram por ele, momento que a testemunha na companhia de outra pessoa, pularam o muro da residência e depararam  com a porta da casa  aberta e a vítima morta com o  corpo todo ensanguentado.

Segundo informações, a vítima não tinha desafetos e era uma pessoa tranquila e que teria sido vista passando pela rua no domingo na parte da tarde. Os documentos pessoais da vítima foram entregues para a funerária e os cartões entregues ao patrão da vítima.

Ainda segundo populares, a vítima estava sempre na companhia de um indivíduo o qual foi localizado, e disse para a polícia que realmente andava na companhia de Reginaldo,  e que no domingo, a vítima teria ido até a sua casa na rua Joaquim Brochado, jantado e ambos feito uso de bebida alcoólica, mas que por volta das 19h30min, a vítima deixou a residência sozinha com destino a sua casa. 

A vítima é natural da cidade de Pilões-Paraíba e estava na cidade a trabalho. A polícia segue com os rastreamentos no intuito de localizar o autor do crime. ParacatuNews

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Novembro 2019