PM flagra cadeirante vendendo drogas, em Luziânia

Durante busca domiciliar, dez porções de maconha foram localizadas. Além disso, uma carteira contendo R$ 600 reais e papel filme utilizado para embalar a droga.

Imagem Ilustrativa/ Divulgação

 

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) prendeu, na tarde desta segunda-feira (16/9) um cadeirante vendendo drogas, em Luziânia, a 212 quilômetros de Goiânia.

A prisão foi realizada pelo Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) do 10º Batalhão de Polícia Militar, após a equipe receber uma denúncia informando as características do traficante.

De acordo com informações da corporação, a ocorrência foi registrada no Setor Jardim São Paulo, em Luziânia, após a equipe avistar um indivíduo, em atitude suspeita, em uma cadeira de rodas

Diante da situação, os militares se aproximaram do cadeirante a fim de realizar a abordagem, momento em que ele demonstrou certo nervosismo e tentou voltar para o interior da residência.

Abordagem

Após a tentativa de se livrar do flagrante, durante busca pessoal, foram encontrados R$ 190 reais em notas trocadas, duas porções de maconha e uma porção de cocaína. Ao ser questionado pelos policiais, o homem confessou a autoria do crime e disse que o restante das substâncias entorpecentes que ele comercializava estava escondido em um cano dentro de sua casa.

Durante busca domiciliar, mais dez porções de maconha foram localizadas. Além disso, uma carteira contendo R$ 600 reais e papel filme utilizado para embalar a droga. O cadeirante foi preso em flagrante e conduzido ao CIOPS.

Além de caso de cadeirante vendendo drogas, polícia prendeu homem que usava deficiência para vender drogas em Águas Lindas

Um homem foi preso, suspeito de usar a deficiência para vender drogas, em Águas Lindas.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Claudmilson Rodrigues dos Santos se aproveitava da situação para evitar ser abordado pela corporação.

Ele foi preso em flagrante no início deste mês, em Águas Lindas de Goiás. Segundo a polícia, ele usava uma distribuidora de bebidas como ponto de venda.

“Cláudio cadeirante”, como é conhecido, é ex-presidiário, pois em 2018 foi indiciado por tráfico de drogas.

Com ele foram apreendidos cerca de 400 gramas de cocaína e também crack. A droga estava embalada e pronta para venda.

Além do entorpecente, uma balança de precisão e dinheiro foram apreendidos. Fonte: DiaOnline

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição do mês - Versão impressa 

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO