Cristalina

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Twitter
  • Instagram

PM apreende notas falsas e cigarros ilegais, em Luziânia

A corporação localizou os itens apreendidos após um homem tentar pagar contas com notas falsas em uma loteria da cidade.

 

 Foto de reprodução

 

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) apreendeu, na tarde desta segunda-feira (30/9), uma grande quantidade de notas falsas e quase duas mil carteiras de cigarros ilegais, em Luziânia.

A corporação localizou os itens apreendidos após um homem tentar pagar contas com notas falsas em uma loteria da cidade.

Os envolvidos foram presos em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, contrabando, moeda falsa e lavagem de dinheiro.

De acordo com informações da corporação, a prisão aconteceu nesta segunda-feira (30/9) quando a equipe do 10º BPM foi acionada para se deslocar a uma lotérica de Luziânia, situada no Setor Mandu, onde havia um homem tentando realizar pagamentos com cédulas falsas.

Abordagem

Diante das informações recebidas, os policiais se deslocaram ao local e realizaram a abordagem. Com o homem os policiais militares visualizaram R$ mil reais em notas de cem, sendo que 07 delas eram visivelmente falsificadas.

No mesmo instante um outro homem apareceu e se identificou como o neto do autor e que seu avô sofria de Alzheimer. Com isso, os policiais os conduziram à Polícia Federal.

 Foto de reprodução

 

Além de notas falsas e cigarros ilegais, polícia encontrou na casa dos acusados quase R$ 200 mil reais em espécie

 

Enquanto a equipe policial levou os evolvidos até a Polícia Federal, outra equipe se deslocou à residência dos acusados, onde foi recebida pela sobrinha dele.

Após autorização, os policiais realizaram a busca domiciliar e localizaram um revólver calibre .38 com 5 munições intactas e mais três em uma gaveta.

No guarda-roupa, foram localizados R$ 171.700 em espécie, bem como 1.753 carteiras de cigarros ilegais.

Os envolvidos negaram saber da procedência de tudo que foi encontrado e foram conduzidos à Polícia Federal.

Todos foram autuados em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, contrabando, moeda falsa e lavagem de dinheiro. Por / Lilian Camargo / DiaOnline

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Leia a Edição do mês - Novembro 2019