Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO  

Policial civil e servidor comissionado de delegacia são presos em operação do MP-GO e da Corregedoria

Segundo a Corregedoria, um processo administrativo interno foi aberto para apurar a participação do policial e se, ao final da investigação, ficar comprovado o envolvimento, ele pode ser demitido da corporação.

Por Rafael Oliveira, G1 GO

 FOTO DE DIVULGAÇÃO / INTERNET

 

Um policial civil e um servidor comissionado da subdelegacia de Nova Crixás, no norte goiano, foram presos durante uma operação do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e da Corregedoria da Polícia Civil. Eles são investigados por diversos crimes, até por falsificação de documentos públicos. Um policial militar também foi obrigado a prestar depoimento sob suspeita de participar do esquema, mas não foi preso.

Entre os crimes investigados estão falsificação de documento público, peculato, concussão e corrupção passiva. Durante a operação, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, 11 na região de Nova Crixás e um em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal, na semana passada.

De acordo com a investigação, o servidor comissionado ficou detido em Nova Crixás e o policial civil foi para uma carceragem da Polícia Civil em Goiânia. O MP-GO investiga também a participação de advogados no suposto esquema.

A Corregedoria disse que foi aberto um processo administrativo interno que vai apurar o envolvimento do policial civil. Se ao final da apuração ficar comprovado que o policial estava envolvido no esquema, ele pode ser demitido da corporação.

Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição do mês - Versão impressa