Crea Goiás terá eleição para presidente

O pleito ocorrerá no dia 3 de junho de 2020 em Goiânia e 28 municípios goianos

 

                                                           Prof. Eng. Eletricista Jovanilson Faleiro 

 

O Conselho Regional de En­genharia e Agronomia de Goiás, o Crea Goiás, elegerá seu presi­dente para o triênio 2021/2023 no dia 3 de junho próximo, das 8h às 19h, na sede do Crea em Goiânia e nas inspetorias da autarquia em 28 municípios goianos. Os profissionais enge­nheiros e agrônomos residentes no Estado também vão eleger o presidente do Conselho Federal das categorias e os diretores da Mútua, a Caixa de Assistência dos Profissionais do sistema em Goiás. Em Goiás participam das elei­ções os profissionais re­gistrados/vistados no Crea-GO e que estiverem em dia com suas obrigações.

 

No Estado são candidatos os engenheiros eletricistas Jovanilson Faleiro Freitas e Petersonn Gomes Caparrosa Silva e os engenhei­ros civis Idalino Serra Hortêncio e Lamartine Moreira Júnior. Para presidente do Conselho Federal concor­rem os engenheiros civis Diogo Mesquita Aguiar, Alexandre Magno Santos Cruz, Joel Kruger, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, Rizomar Rodrigues da Silva e Marcos Moliterno. Para diretoria da Mútua Goiás são candidatos, para Diretor-Administrativo, os engenheiros eletricistas Bruno dos Santos Aguiar e Urias Luís Silva Fleury e o engenheiro mecânico Fábio Souza Gomes e, para Diretor-Geral, o engenheiro civil Luiz Soares de Queiroz.

 

Candidato Jovanilson Freitas propõe uma engenharia forte

 

            “Ao longo dos anos os profissionais das diversas engenharias do sistema Confea/Crea estão sendo preteridos diante da importância que possuem para a sociedade”. A opinião é do engenheiro eletricista Jovanilson Faleiro Freitas, candidato a presidente do Crea Goiás que, caso eleito, vai mover ações para que o sistema tenha uma “engenharia forte”. Segundo ele outros segmentos têm créditos e são valorizados, ocupando os espaços destinados às engenharias. “Nosso sistema é o último a participar das discussões das engenharias. Obras são embargadas e interditadas sem nós manifestarmos, as empresas de engenharia estão desacreditadas e destruídas e postos de trabalho são eliminados sem posicionamento do sistema”, ressalta.

 

Por outro lado, o candidato Jovanilson Freitas afirma que o Crea Goiás não possui cronograma de planejamento e gestão de médio prazo. Para tanto, se for eleito presidente objetiva estabelecer um plano plurianual para gestão e planejamento da autarquia. “Vamos dar vitalidade e dinamismo à entidade, buscaremos a valorização das engenharias”, enfatiza.

 

É pretensão dele também mostrar à sociedade e aos profissionais a importância do sistema e o quanto eles são fundamentais para o desenvolvimento de comunidade. Para a efetivação deste cenário, o candidato a presidente anuncia que sua gestão atuará na valorização profissional e no reconhecimento das entidades de classe, das instituições de ensino e empresas de engenharia.

                Perfil

O candidato a presidente do Crea Goiás, Jovanilson Freitas, engenheiro eletricista, é pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho, Gestão em Auditoria, Perícia Ambiental e Engenharia da Qualidade. Atuou como conselheiro do Crea-GO e foi coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Elétrica. Presidiu a Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas de Goiás em 2011/2013 e atua como professor de cursos de Pós-Graduação da RTG e cursos profissionalizantes do INPEG.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição do mês - Versão impressa 

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO