Operação da PCGO prende 26 autores de crimes violentos em Goiás

07/05/2020

Operação Força Centrífuga 3 teve início na terça-feira (5/5) e foi encerrada nesta quinta (7/5). Também foram cumpridos 25 mandados de busca e uma prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo

Foto: Reprodução/PCGO

 

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu 26 autores e crimes violentos ocorridos em Goiás. A ação, denominada Operação Força Centrífuga 3, teve início na terça-feira (5/5) e foi encerrada nesta quinta (7/5). Também foram cumpridos 25 mandados de busca e uma prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com a corporação, as prisões ocorrerem em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis e Caldas Novas, no interior do estado e foram cumpridas por equipes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH). Os crimes cometidos pelos homicidas presos estão vinculados, direta ou indiretamente, a fações criminosas.

 

Deflagrada com o objetivo de combater o crime organizado e a retirada de circulação de homicidas que representem elevado risco de envolvimento em crimes violentos, a operação, segundo a PCGO, permitirá a conclusão de aproximadamente 30 inquéritos policiais, ao elucidar crimes bárbaros ocorridos na capital e região metropolitana.

Entre autores de crimes violentos em Goiás, PCGO prende chefe do Comando Vermelho na Região Oeste

 

Entre os autores de crimes bárbaros ocorridos me Goiás, a Operação Força Centrífuga 3 prendeu o chefe do Comando Vermelho na Região Oeste.

 

Na ação, também foi preso temporariamente Anderson Lázaro Gomes Coelho, investigado pelo homicídio de Cleydemar Júnior Reis, ocorrido no dia 20 de março. O preso já tinha antecedente pelos crimes de roubo qualificado, porte de arma de fogo, tráfico de drogas, associação ao tráfico de drogas e furto.

Um outro preso, segundo as investigações, matou o amigo e jogou o corpo dentro de uma vala no Morro do Mendanha, em Goiânia.

 
Redução de crimes violentos em Goiás

No primeiro trimestre de 2020, Goiás registrou redução em 100% de casos de roubo a bancos, conforme os indicadores criminais. Os dados foram apresentados em abril deste ano, pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO). Os crimes violentos como latrocínios e homicídios também tiveram queda de 54,55% e 20,20%, respectivamente.

 

Os dados foram apresentados às autoridades pelo secretário Rodney Miranda, por meio de videoconferência. De acordo com ele, os números seguem ritmo de 2019, “com aumento de operações da polícia, alta produtividade e redução da criminalidade.”

Veja abaixo os indicadores:  fonte: DiaOnline

  • Roubo a cargas: redução de 43,10%
  • Roubo a veículos: redução de 31,77%
  • Roubo a pedestres: redução de 9,48%
  • Roubo a comércios: redução de 7,65%
  • Roubo a residências: redução de 7,10%
  • Não houve registro de roubo a instituição financeira

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição do mês - Versão impressa 

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO