Marconi aparece em evento público e internautas atacam o tucano

23/06/2020

Ex-governador participou de inauguração de obra em Hidrolândia num domingo. À noite

 

                           Paulinho, prefeito de Hidrolândia, ao lado do ex-governador Marconi

 

O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) participou do primeiro evento público-político desde que perdeu as eleições e foi preso pela Polícia Federal, em 2018. Ele apareceu na inauguração de um hospital de Hidrolândia, na noite de domingo, 22.

 

A aparição foi discreta, mas teve reação nas redes sociais. Além dos tradicionais apoiadores, já que o evento ocorreu entre tucanos, muita gente fez questão de criticar o político que passou a morar em São Paulo, deixando Goiás para trás.

 

Marconi tem vindo ao Estado apenas para resolver pendências com a Justiça já que responde a dezenas de processos. Na verdade, é a segunda vez que o ex-governador surge em um evento público, já que na festa de Trindade de 2019, ele apareceu na missa da madrugada. Na publicação de ?

 

O Popular? no ?Facebook?, que relata o novo movimento político do ex-governador, ele provocou reações polêmicas e críticas agressivas. No perfil de uma jornalista do mesmo jornal, um internauta chegou a afirmar que "Marconi corre o risco de ser apedrejado se tentar andar" no centro de Goiânia. É possível que após se explicar nos processos em que é réu na Justiça estadual e federal, Marconi tenha interesse em tentar cargos como deputado federal ou até mesmo estadual.

 

TUCANOS SONHAM COM VOLTA AO PODER DO SEU LÍDER No ?Facebook, Cicerro disse: ?Ano de eleição né!!!

 

Aí da as cara? Mas o povo já não tem mais memória curta!!!?. Grazyellevasconcelos comentou ?Achei que estivesse preso?. Um leitor disse para Marconi voltar, mas outra leitora balanceou e foi para o lado contrário. Sandracondem: ?

 

Eu não, cruzes credo?. Uma outra leitora foi irônica numa referência a uma música brega de pagode, da banda Molejo. rd_vict: ?

 

Oh quem voltou pra sacanagem!!!?. ?Não tenho participado de nenhuma cerimônia há quase dois anos, mas fiz muita questão de vir pelo respeito pelo Paulinho e porque são poucos os que se atrevem a construir hospitais (pelo custo de manutenção)?, afirmou Marconi no evento, de forma discreta e bastante sóbria. ISOLADO O prefeito de Hidrolândia é Paulinho Rezende, que já foi do DEM.

 

Considerado nos bastidores como ?traidor? de Caiado, por ter abandonado a legenda para entrar no PSDB, apesar de tanto o democrata quanto o ex-senador Wilder Morais terem direcionado várias emendas para seu município, hoje Paulinho enfrenta uma situação delicada, já que é Ronaldo Caiado o governador de Goiás e os tucanos tendem a eleger menos prefeitos neste ano do que em 2016.

 

O político que já foi seguidor de Caiado cumpre seu segundo mandato e não tem mais perspectiva de poder a curto prazo. Por Diário do Norte

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Edição do mês - Versão impressa 

Contato: (61) 3612-4622 / 9 8529-6967 

Cristalina

PORTAL CORREIO